• +351 962 949 251
  • apoio@give-me.pt
  • Entrar / Registar
  • Português (PT)
    • Português (PT)
    • Português (BR)
    • English (USA)
    • English (UK)
    • Español
    • Français
    • Italiano
    • Deutsch
    • Română
    • Polski
  • EUR ( € )
    • USD ( $ )
    • EUR ( € )
    • BRL ($)
    • GBP (£)

Para surpresa de Miguel Duarte, o objetivo inicial da campanha de crowdfunding lançada no dia 7 de junho pela associação portuguesa Humans Before Borders já foi ultrapassada várias vezes e, durante a redação deste artigo, já contava com mais de 30 mil euros.

Em declarações ao Público, o português de 26 anos, que está a ser acusado pela justiça italiana de auxílio à imigração ilegal, admite estar emocionado com a manifestação de solidariedade dos últimos dias.

“Vêm-me as lágrimas aos olhos ao ver quantas pessoas estão atentas e querem contribuir de alguma forma. Às vezes passamos momentos um bocado difíceis porque nos sentimos sozinhos nesta luta – também recebemos muitos comentários e mensagens de reprovação. Mas a verdade é que há muita gente a manifestar o seu apoio e a manifestar vontade de nos ajudar nesta luta”.

O jovem, que faz parte da ONG Solidarity at Sea, salvou milhares de refugiados no mar Mediterrâneo a bordo do navio Iuventa. Juntamente com outros nove colegas, Miguel está a ser investigado pela Procuradoria de Trapani e arrisca uma pena de 20 anos de prisão e milhares de euros em coimas.

De acordo com a associação que criou esta iniciativa, a equipa de advogados destes dez voluntários estima que os custos legais do processo cheguem aos 500 mil euros. Além disso, a defesa acresce ainda as deslocações para reuniões entre tripulantes, com a equipa legal e para as audiências judiciais.

“Neste momento, a nossa ida a tribunal é bastante provável, de acordo com os nossos advogados. Mas estou confiante que não vamos acabar condenados e que as autoridades italianas vão perceber que esta investigação é perfeitamente política“, declara o português ao jornal.

A angariação de fundos vai continuar aberta até 12 de Julho.

Artigos relacionados